terça-feira, 20 de abril de 2010

Há pessoas muito mesquinhas, não há?

No fim de semana, conheci imenso pessoal fixe, entre eles o N. que era do meu grupo.
O N. é daqueles rapazes muito simpáticos, com quem se pode ter logo uma grande amizade. Gostei imensamente dele.
Começámos logo a dar-nos super bem. Amigos mesmo, como se nos conhecessemos há montes de tempo. Brincávamos, ele leváva-me às cavalitas pelas escadas(a casa tinha 5 andares e ele levava-me desde lá de cima até lá a baixo), jogávamos sempre às cartas, os dois, como equipa, e dormiamos no colinho um do outro. Muito amigos. Mas só amigos!
É que uma rapariguinha,  a J., daquelas que eu não gosto nadinha de nada, começou a inventar que nós namorávamos. Fiquei fula com ela, mas depois ignorei, para não haver chatisses.
No domingo estávamos todos juntos quando a J. se vira para o N. e com aquela cara mesmo sonsa"Ai agora vocês namoram é? Não sei se sabes mas ela só tem 13 anos!"(o que já agora, é mentira!)
Mas e se fosse verdade? Qual era o problema?

Virei-lhe as costas e vim-me embora. Não valeu mesmo a pena chatear-me com isso.

...

2 comentários:

Rainbow disse...

Não, todas as perguntas foram devidamente estudadas e analisadas! x)

Katchup disse...

Deixa lá!... Há pessoas que não conseguem ver os outros felizes com amigos... E mesmo que fosse namorado, que tem ela a ver?!...

Não ligues! :)